Loading...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

EU NÃO QUERO SEU ADMIRAVÉL MUNDO NOVO

Eu não quero para mim seu Admirável Mundo Novo


Prefiro resgatar as minhas Negras Raízes.

Fiquei indignado com Monteiro Lobato ao ler

Presidente Negro e sua cultura do embranquecimento.

Ainda bem que existe Cadernos Negros,

Quilomboje Literatura para os afro brasileiros.



Em uma Terra Estranha, não Muito Longe de Casa

Terra das Palavras de Ganga Zumba e Dandara

Aonde os meninos são soldados (conflitos armados) hoje

Kunta Kinte foi seqüestrado ontem

Se espalhou a resistência pelo mundo.



Ao Vivo no Corredor da Morte,

Abul falava a verdade

Esse é o Caminho da Liberdade.

Queda para o Alto

Ninguém é inocente em São Paulo

Na Guerra dos Meninos, o Cidadão é de Papel.

Mais que a Realidade... O Menino de Palmares

As Rosas são de Sangue. Para o Graduado em Marginalidade



Para as Mulheres Apaixonadas; Contos de Amor Rasgados

Como fazer Amor com um negro sem se cansar

Pois não vivem no Mundo de Sofhia

Nem as considero Belas Adormecidas

Para mim são Guerreiras: exemplo

Carolina de Jesus em Quarto de Despejo



O cákis disse: Não temos muito Tempo então finalizo,

Deixando pra vocês esta list

3 comentários:

Paulo da Poesia disse...

VALEU AMIGO. BONITO O SEU BLOG.
PARABÉNS.
UM ABRAÇO,
PAULO ODAIR-POETA
SUZANO-SP.

Paulo da Poesia disse...

hoje vou no centro cultural do carandiru, lá tem sarau todos os sábados, um ótimo espaço para divulgar nosso trabalho.

Paulo da Poesia disse...

obs. enviar comentaris e outros assuntos para o e-mail,
paulodapoesia@hotmail.com