Loading...

segunda-feira, 30 de maio de 2011

TROCANDO IDEIAS

Ae pessoal. Amanhã tem uma maneira no ponto de cultura Circulo das Letras.
Que é o Trocando Idéias, atividade da hora que discutimos sobre a obra e o autor e amanhã será CASA DE PENSÃO, de Aluisio Azevedo. Eu serei o facilitador comentarei durante alguns minutos depois ficará aberto pra quem quiser falar. Se quiser chegar fique a vontade.
Inicio as 19hsno Ponto de Cultura Círculo das Letras
Jd.Revista  Suzano SP
Paz pra nós 

sábado, 21 de maio de 2011

Sarau LiteraturaNossa Maio 2011

Salve, Salve  manos e minas.
O sarau que tivemos ontem foi da hora.
Muita gente talentosa se apresentou e a comunidade  estave presente.
Vejam aqui alguns registros .
E pra quem perdeu, toda 3° sexta-feira do mês a festa começa às 19:00hs.
É só chegar.



















 Paz pra  Nós

quarta-feira, 18 de maio de 2011

MINHA PELE ESCURA

Sou o Cákis, homem negro com muito orgulho.
Não serei por vocês limitado.
Não buscarei ser bem comportado.
Como animal selvagem,
não serei domesticado.
Minha pele escura é linda,
no sol até brilha.
A Cultura Negra é muito rica.
A  verdadeira história da Àfrica por muito ocultada,
agora nas escolas será contada.
Assim as crianças negras saberão melhor
de seus antepassados,
de que na Àfrica nunca fomos escravos.
De que existem heróis de verdade e são negros.
Saberão que na Àfrica, como um conto de fadas,
não existia guerra, era uma pacífica terra,
onde havia um rei e uma rainha.
Resistência, consciência, cultura ancestral,
hora da fuga presente na mente,
à noite virá o sinal.
Capitães do mato, fardados ou não
andam por aí entre a gente camuflados.
Se me pegam na madrugada me algemam,
torturam e me matam.
Ser negro é ser raiz, buscar a ancestraliedade
e passar adiante.
Não somos um povo sofrido e sim
um povo sequestrado,
espalhados pelo mundo como escravos
e hoje afrodescendentes marginalizados.
As feridas não cicatrizam.
Elas fortalecem a resistência de um povo
que continua lindo pela história que tem.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Ninguem é aquilo que aparenta ser

Materialismo se mostra presente
Sentimento inexistente
Não há mais esperança, tudo acabou.
Honestidade, reciprocidade, cumplicidade.
Se não há verdade, não há relação, seja qual for.
Más intenções nunca passaram pela mente.
Mesmo mantendo conflitos no subconsciente
Mas sigo em frente, não abaixo o nível, sinto um alivio.
De não ter que olhar pra trás e esperar você chegar.
Ninguém é aquilo que aparenta ser
Em pouco tempo cairá sua mascara
E verão quem é você
Hipócrita, demagoga, fascista.
Cadê as idéias revolucionárias e anarquistas.
Mesquinha é sua pessoa
Brinca com sentimentos como se fosse um jogo à toa
Sempre tive duvidas, mas queria acreditar.
Que as palavras proferidas por você fosse verdade.
Mesmo não tendo um pingo de vaidade
Mas não tenho pressa, o mundo me espera.
Na historiografia faço um recorte e jogo tudo fora.
Sem fontes, não existe historia.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

quarta-feira, 11 de maio de 2011

CD de LITERATURA

Um salve aos meus amigos e minhas amigas.
Trago uma notícia boa a todos vocês.Para aqueles que ainda não possuem a grande novidade literária do território nacional, lhes dou a oportunidade de adquirir por R$15,00 o CD de Literatura que contêm diversos gêneros literários como; crônicas, poesias, cordel e contos sendo executados apenas pela voz de seus autores, dispensando qualquer artifício externo ou fundo musical.
Portanto se você nao tem, adquira já o seu.
Nos saraus LiteraturaNossa que acontece toda 3° sexta-feira do mês às 19:30hs eles estarão lá, bem como todos os dias no Círculo da Letras. segunda a sexta-feira das 10:00 às 19:00hs. Pode chegar.

terça-feira, 10 de maio de 2011

PAVIO DA CULTURA NO C.CULTURAL BOA VISTA

Foi muito bom participar do sarau que rolou no Centro Cultural do Boa Vista. Várias atrações, criançada em plena atividade. Teve capoeira, ballet, poesia lançada no ar e música pra descontrair  e esquentar porque o frio pegou todo os presentes de surpresa.













Confira os registros.

sábado, 7 de maio de 2011

13 de Maio- Abolição de quê? Reflexão

ABOLIÇÃO


As borrachadas que já tomei da polícia

Não se assemelham as chicotadas produzidas pelos capitães do mato no passado

Hoje sou negro fugido na selva de pedra

Procurando e encontrando refúgio no quilombo interior

Nas ruas encontro irmãos de cor

Cabelos alisados parecem com o opressor

Não posso confiar, podem me trair, podem me entregar

Buscando aceitação dos seus senhores, feitores, seqüestradores, usurpadores.
Consomem a cultura e priva os negros de serem atores                                     

Protagonistas de sua própria história.
Falo das mentiras dos vencedores contadas na escola

Não vim aqui me distrair nem me divertir
Faço uso da escrita como ferramenta pra ferir, sacudir

Aqueles que vivem na ilusão

Dizendo que as condições são iguais pra todos nessa nação.

Construída por uma sociedade etnocêntrica

Que produz pensamentos eurocêntricos

Não querendo admitir que são todos mestiços

Resultados de estupros de negras escravizadas e índias

Vamos comemorar a abolição dentro da prisão

Vamos comemorar a libertação na Casa de Detenção

As algemas são as correntes do passado

Sofrimento, Luta e Resistência ta enraizado
Não busco aprovação quando expresso minhas palavras

Sou neto de negro escravizado

Lembro-me nas costas do meu avô as marcas das chibatas



  Também já fui algemado

Sofrimento, Luta e Resistência ta enraizado

13 de maio dia de reflexão não comemoração

Discutir a discriminação, cobrar
reparação, indenização

Fortalecer a resistência do quilombo interior

Na luta pela verdadeira libertação do povo negro.

Continuem pretos!

COMUNIDADE DO CONTO - TEMA: Prazeres

Esse tema foi bem explorado por todos os participantes da atividade. As abordagens foram sobre drogas, sexualidade, erotismo, saudosismo e cara foi louco, produtivo porque criamos e esse é o objetivo. Criar, apresentar e discutir. Parabéns à todos.
PAZ PRA NÓS.
TEMA DO PRÓXIMO MÊS É LIVRE.



Quem quiser produzir um texto e apresentar é só chegar. Primeira 4° feira do mês.

Festival de Cultura de Suzano e Feira de Troca de Livros e Gibis

Nos dias 29 e 30 de Abril tivemos uma festa boa na cidade de Suzano. Onde reuniu vários artistas de diferentes segmentos artísticos e foi bem legal.





 Pra incentivar a leitura, levamos para lá nossa mesa com produtos da marca Literatura no Brasil e livros e gibis para que podessem ser trocados.
Artistas plásticos pintando telas, grafiteiros fazendo painéis, intervênções cênicas, breakers batalhando, samba de primeira no palco, bandas de rock e nós da Associação Cultural Literatura no Brasil não perdemos a oportunidade de lançarmos o verbo e enchermos a atmosfera de positividade com nossas poesias.