Loading...

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Poetisa.


Poetisa

Você precisa sorrir mais.
Foram raras as vezes que vi isso acontecendo.
Mesmo assim, enquanto a observava aquele dia
Puder ver como você é linda.
Você é sensível, delicada
Ouvir sua voz muito me agrada.
As vezes é chata, me irrita, me dá raiva.
Então  me fixo em seus atributos
E logo toda incomodacão passa.

Temos que nos aproximar, que conversar mais.
Temos que sair, nos conhecer mais profundamente.
Quando fito seus olhos  vejo medo e desejo.
Parece até que você imagina o que eu penso.

Cákis

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Poema - Decisão

DECISÃO

 Pra mim todo dia é dia de mudança.
Agradecendo a Deus pela minha vida
Livramentos foram vários, quando estava na ativa
Vivo hoje uma outra perspectiva.
Sem reservas, nem saudades da vida que me levava
Sem drogas, ou drinques, sem promiscuidades.
A vida hoje é bem melhor, vivo com qualidade.
Autoestima, respeito, consciência e atitude
contrario a estatística e fortaleço minha negritude.
Através da escrita ou até mesmo na rima
Descrevo um novo roteiro que é o da minha vida.
A positividade esta sempre presente e
E com otimismo sigo a caminhada.
Sei que posso, que consigo e que sou capaz
Sou diretor, sou escritor da minha história
Que eu transformei em um filme de terror
A obscuridade agora se foi e como ator
Terei um futuro promissor porque me sinto vivo.
Nunca pensei em ser exemplo, mas me tornei referência
pra muitos da quebrada que acompanharam a decadência.
Revertido o quadro, valorizando a vida.
Minha auto estima transparece, no espelho reflete.
O negro fugido, lindo, não domesticado que
Abandonou a família, hoje está de volta.
Por forças ocultas, não me tornei vítima do sistema
O poder branco faz reféns, sequestra e o amarelo mata
Quase todos que se envolvem, poucos sobrevivem
Mas a oportunidade vem através do auto conhecimento.
A branca sequestra e a amarela mata
Estou de volta a família, a decisão foi minha.
E através da escrita me conheço e mantenho minha auto estima.

                                                                              Mano Cákis

O I Festival do Filme Anarquista e Punk de São Paulo


Participe e, por favor, divulge para seus contatos!


O I Festival do Filme Anarquista e Punk de São Paulo será nos dias
14, 15 e 16 de dezembro no Centro Anarquista Ação Direta,
um novo espaço que logo estará em funcionamento!
Serão três dias de exibições de filmes, debates, oficinas, exposições e outras atividades.
LOCAL: Rua Dr. Almeida Lima, 434 – ao lado da estação Brás de Trem e Metro
Maiores informações: Anarcopunk.org
DOWNLOAD DA PROGRAMAÇÃO EM PDF:
* * *
SEXTA, 14 DE DEZEMBRO
19:00 | Relatos de Uma Cena Anarcopunk (23 min | 2012 | César Medeiros e Danilo Tázio | Natal/RN)
19:30 | Punk In Africa (82min | 2011 | Keith Jones e Deon Maas | África – legendas em português)
21:00 | Sarau “Sangue, Suor e Poesia Libertária”
E mais: Abertura das exposições de fotografia de Ruivo Lopes, Elaine Campos, Avelino Regicida, Jefferson Andrade, Anderson Barbosa, cartazes de festivais em outras partes do mundo
SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO
13:00 | Grafitagem libertária – durante todo o dia
13:00 | Oficina de Fotografia Faça Você Mesm@, com Elaine Campos (Integrante da Coletiva Anarcafeminista Marana)
“Bastou clicar o botão. E pronto. Mais uma imagem foi capturada pelas lentes da câmera fotográfica. No entanto, para aproveitar o máximo do equipamento e por meio dele encontrar a melhor forma de se expressar, são necessários dois componentes básicos: um pouco de técnica (que ao longo do tempo cada um@ desenvolve a sua própria) e reflexão. Essa oficina básica de fotografia pretende ser um espaço compartilhado de reflexão e troca de experiências sobre o ato de fotografar e a memória visual, buscando estimular @s participantes a desenvolverem um discurso visual próprio.”
Oficina livre, traga sua câmera fotográfica de qualquer tipo, celular ou qualquer equipamento que tire fotos! No dia seguinte haverá exposição das fotografias tiradas durante a oficina.

DURANTE TODO O DIA | Exposições de fotografia de Ruivo LopesElaine Campos, Avelino RegicidaJefferson Andrade, cartazes de festivais em outras partes do mundo, projeções de fotografias de Anderson Barbosa
SALA 1
14:00 | From the Back Of The Room
16:00 | Lançamento: Squat Toren + curtas: Minutos de Destruição e Desalojo Ilegal da Ocupação Abu-Jamal
17:00 | A Céu Aberto + curta: Fabricação Artesanal de Carvão de Coco Babaçu 
17:50 | Lúcio: Anarquista, assaltante, falsificador, mas sobretudo pedreiro+ estréia do curta Caixa Postal 195
20:00 | FILME/DEBATE | Lançamento: Todo Fim é Um Começo seguido de debate com participação dxs realizadorxs, companheirxs de espaços libertárixs.
SALA 2
13:30 | Barulho Bom + curta: Ecos de Revolta – Exibição Vide Urbe 
14:15 | Noite do Horror 
15:15 | Unindo Quebradas
16:10 | Filme Plágio ou Introdução à crítica do valor da imagem mercantil como dispositivo de designação do Sujeito e curta: Vozes de um Cárcere 
17:10 | FILME/DEBATE | Ciclovida:Lifecycle + curta: Torcendo pelo Time da Casaseguida de debate com Coletivo Ciclovida – SP
20:15 | Na Prisão Minha Vida Inteira + El Ocaso Del Miedo
DOMINGO, 16 DE DEZEMBRO
DURANTE TODO O DIA | Exposições de fotografia de Ruivo LopesElaine Campos, Avelino RegicidaJefferson Andrade, Anderson Barbosa, cartazes de festivais em outras partes do mundo, projeções de fotografias de manifestações e atividades libertárias na cidade.
Projeção das fotografias tiradas pelxs participantes da Oficina de Fotografia Faça Você Mesm@ do dia anterior, por Elaine Campos.
SALA 1
14:00 | FILME/DEBATE | Escolarizando o Mundo: O Último Fardo do Homem Brancoseguida de debate com integrantes do Ativismo ABC e Coletivo Desescolarizar
17:00 | Não são um por cento: Anarquistas em Carrara 
18:40 | FILME/DEBATE | Indomables: Una Historia de Mujeres Libres seguido de debate com Coletivo Terra Livre sobre as experiências acumuladas ao longo de dois anos de realização do Cineclube Terra Livre.
SALA 2
13:30 | A Cultura em Luta Pela Paz 
15:00 | Todas as Mulheres do Mundo + O Sentido da Moradia
16:15 | WORKSHOP de leituras de imagens e troca de idéias sobre “Vìdeo Popular e representação”, com Daniel Fagundes (Núcleo de Comunicação Alternativa – NCA)

 18:20 | Crass: There Is No Authority But Yourself + curta: Tid
 19:40 | Ugra The Karma


Cákis - Mensagem positiva ativa produtiva

Oficina de Mediação de Leitura

Satisfação Total participar desta oficina.
Participantes da Oficina de Mediação de Leitura na Caixa Cultural, oferecido pela Vagalume.