Loading...

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Estratégias de luta contra o sistema

Já faz alguns anos que CK esta diferente. Por muitos essa mudança brusca foi percebida.
Passou a andar armado. Alguns conhecidos se assustavam com ele. Não ficava mais na esquina soltando fumaça, seu tempo agora é aproveitado. Dizia que se a policia viesse pra cima tinha pra trocar. A cada dia que passava mais munição ele armazenava.
Desempregado mas estudando muito até pra não ser vítima das estórias de vencedores que omitem a verdadeira historia, CK não era mais o mesmo.
Saía de casa toda terca-feira e se reunia com outros no Centro Cultural para se organizar, fazer esquemas e estruturar planos de invasão de espaços públicos e instituições privadas onde pretendem deixar a marca.
Mas objetivo maior de CK e os outros é libertar os que estão presos, cegos e que vivem na ilusão. Para valorizar a vida é preciso valorizar o corpo, pois do que vale um corpo destruído para a vida, é o que CK me disse uma vez.
Fez-me pensar que nunca é tarde. Que antes não dava a mínima para a vida, convivia com a morte constantemente e nunca percebera que a sua chamada sorte era na verdade livramentos de um Poder maior espiritual que o protegia. Por um período se afastou da Babilônia involuntariamente e se encontrou em duas sociedades que limitava seu espaço físico a determinados metros quadrados.
Linguagens diferentes para quem não entende. Marginal, criminosa, pacificamente violenta, a falas são em códigos e dialetos a mais justa e limpa sociedade que conheceu.
A Babilônia o tem de volta mas agora está preparado a não cair nas armadilhas do sistema. Até pra estudar tem que pagar. Não lamenta o passado, já tem mais de trinta não começara tudo de novo, fará uso de suas experiências pois são seus tesouros. Pode escrever sobre elas com propriedade não como inspiração de um tema freqüente mas por fazer parte de sua vida. Integra os caras sem as mascaras da demagogia, das caras descaradas da hipocrisia. Fazendo seu pensamento agir vê cabeças explodindo e desconstruindo as felicidades não partilhadas esse é o CK.

Nenhum comentário: