Loading...

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Uma questão de educação

Viu sua mulher conversando no portão com o amante. Não teve dúvidas. Quando ela entrou,decapitou-a com o machado. Depois recolheu a cabeça e antes que todo o sangue escapasse do pescoço truncado, jogou-a na panela. Picou a cebola, os temperos, acrescentou água, e começou a cozinhar a grande sopa.
Pronta ,porém não conseguiu come-la. Ânsias de vômito trancavam-lhe a garganta diante do prato macabro. Nunca, desde pequeno, suportara a visão de cabelos na comida.


Marina collassanti- contos de amor rasgado

Esse conto é muito louco.

Nenhum comentário: