Loading...

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

“Clube do Livro Literatura Suburbana”

O clube do Livro Literatura Suburbana tem como objetivo estimular e realizar a distribuição e circulação dos livros produzidos e publicados por escritores da literatura periférica e negra. O projeto terá como ação a captação desses escritores e livros, adquirindo algumas peças dos escritores e revender esses livros a Escolas e Ong’s.
O projeto também realizará alguns encontros desses autores em algumas escolas e Ong’s que adquirirem os materiais por nós oferecidos.

O projeto realizará uma venda a preços justos, focando a expansão e acesso dos livros de literatura periférica e negra para os jovens e adultos atendidos pelas entidades (escolas, ong’s, espaços culturais), estimulando a leitura e aproximando o publico desses escritores.

O Clube do Livro ira atualizar e receber livro para formar um catalogo dos livros produzidos nas comunidades e espaços de literatura.

Então Participe... Mande seu livro, adquira livros, faça propostas...

Conheça melhor o Coletivo Literatura Suburbana e suas Ações

(11) 3427-5363

www.literaturasuburbana.blogspot.com



Coletivo Literatura Suburbana

O coletivo Literatura Suburbana é formado por um grupo de jovens, artistas e agitadores cultural, tem sua base localizada na Vila Brasilândia, Zona Norte de São Paulo. O coletivo surge em 2007 com o objetivo garantir o direito a cultura ficando o Acesso, Consumo e Produção, por meio dos projetos e áreas do coletivo (Hip-Hop, Literatura Periférica e Ensino Étnico Racial)



Projeto Produção Suburbana:

Desenvolver um canal de comunicação com os poetas por meio da publicação de livretos de poesia, participação e produção de saraus e encontros literários, esse ano o coletivo tem como carro chefe o Projeto “Aperte o Play na Poesia”, que tem como atividades, criar um ambiente virtual de troca entre os poetas e promover a cultura da “Áudio Poesia” e “Áudio Book”, gravando e lançando CD de Poesia.



Reviva Rap:

Projeto com Foco na organização do Rap nas comunidades, indo contra a tendência de tirar o rap da comunidade e leva-lo pro centro. O projeto já existe há 3 anos, já lançou 3 coletâneas com a participação de 36 grupos, realizou mais de 20 edições do festival e já contemplou cerca de 120 grupos, e no ano de 2011 premio algumas ações na entrega do Primeiro Premio Reviva Rap.



Escola da África:

Oficina Lúdicas culturais desenvolvida há 4 anos em algumas escolas da região da Brasilândia, o projeto tem como objetivo desenvolver a lei 10.639/03 nas escolas. A partir desse projeto já lançamos 2 edições da Revista escritos negros (2010 e 2011) com informações, poemas, artigos sobre o tema da educação étnico racial na escola.

Nenhum comentário: