Loading...

terça-feira, 15 de março de 2011

NÃO TEVE TEMPO


NÃO TEVE TEMPO

11 BALAS NO CORPO
O ESTUDANTE RECEBEU.
CONHECEU SEU PAI
DEPOIS DE 17 ANOS.
AGORA ESTÃO NOVAMENTE SEPARADOS
PORQUE ELE MORREU.
NO VELÓRIO,ALGUNS VIZINHOS
POUCOS PARENTES.
PUDE FALAR COM ELE UMA VEZ.
QUANDO SEU PAI O LEVAVA PARA CASA
PEDIU QUE EU OS ACOMPANHASSE.
ASSIM NOS CONHECEMOS
DEPOIS SOUBE 
QUE ELE GOSTOU DE MIM
TALVEZ POR TER SABIDO
QUE SOU UM SOBREVIVENTE
COMO SEU PAI
DE UMA VIAGEM NA ESCURIDÃO
ONDE POUCOS CONSEGUEM VOLTAR
A INSANIDADE,TER A LIBERDADE PRIVADA
SÃO UNS DOS CAMINHOS QUE SE
ENCONTRA NESSA VIAGEM
PARA OUTROS COMO FOI NO SEU CASO
NÃO PASSOU POR ESSES CAMINHOS
AOS 17 ANOS ESSE MESMO CAMINHO
O LEVOU DIRETO AO CEMITÉRIO.
NÃO TEVE TEMPO.NÃO TEMOS MUITO TEMPO.
O JORNAL DISSE QUE ESTAVA
ENVOLVIDO COM DROGAS.
MANCHETE NA PÁGINA POLICIAL
ALÉM DE MORTO ROTULADO
PELA SOCIEDADE COMO MARGINAL.
MAIS UM JOVEM DOENTE ASSASSINADO
VÍTIMA DO SISTEMA.
VÍTIMA DO TRIBUNAL DA RUA.
NÃO TEVE TEMPO.
COMO MUITOS OUTROS
PRA CUIDAR DA SUA SAÚDE.

                

Um comentário:

Débora Garcia disse...

Oi querido, adorei seu texto e principalmente o novo visula do blog.
Ficou moderno, a sua cara.
Bjs Dé